19 de nov de 2013

CEAP terá atividades importantes pelo Dia da Consciência Negra

CEAP terá atividades importantes pelo Dia da Consciência Negra


Celebração inicia amanhã com feira cultural na Zona Norte. Grandes nomes do cenário político participarão de seminário, no dia 26
 
 
 
 
O Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) vai celebrar o Dia da Consciência Negra com dois grandes eventos durante o mês de novembro. Dia 20, o Brasil Black II, que será uma mostra de Cultura Afro-Brasileira, no Imperator, contará com lançamentos literários, sessão de filme, feira de afroempreendedores, entre outros, a partir das 13h. Já no dia 26, a instituição promove o seminário “Experiências Afro-Brasileiras na Gestão Pública”, com o lançamento do livro “Os Afro-Brasileiros na Gestão Pública”, no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) e Instituto de História da UFRJ, às 13h30. O evento no Méier tem como realizadora, além do CEAP, a Botacara Produções Artísticas. No encontro do Largo de São Francisco, a LEÁFRICA apoia o acontecimento, que reunirá grandes nomes do cenário político.
Pela segunda vez, o Brasil Black levará gratuitamente espaços de beleza, leitura, debates e lançamentos de importantes publicações que o CEAP preparou, a fim de ratificar a importância da aplicação da Lei 10.639/03 (institui os ensinos das histórias da África e da Cultura Afro-Brasileiras nas escolas do País). Os autores são profissionais importantes em suas áreas de atuações e falarão sobre as obras a partir de 16h30.
Voltada para o mercado afro direcionado, a feira de afroempreendedores será promovida pela Incubadora e reserva muitas surpresas para investidores que visam ao conhecimento de novas tendências.
O Espaço de Beleza Afro contará com confecções de tranças, maquiagens e dicas de cuidados com a pele e cabelos afros.
O Espaço do Conhecimento está reservado para os que gostam de boa leitura. A Literatura Afro-Brasileira estará exposta com diversas publicações do CEAP, que sempre lançou material com conteúdo elucidativo sobre a verdadeira história dos negros no Brasil.
Já na sessão Baobá de Cinema, os espectadores assistirão ao documentário “Raça”, um filme sobre a igualdade, de Joel Zito.
O Projeto Tom Ogbom levará à feira contação de histórias e exaltará, também, a Literatura Afro-Brasileira.
O Painel Heranças discutirá, através de debates, temas como religiosidade, aplicação da Lei 10.639/03, oralidade na luta contra o racismo e heróis negros no Brasil.
Lançamentos Literários
 
Vera Dayse Barcellos, Renato Nogueira, Gimes Rodrigues Filho, Roberta Fusconi e Cristiane Coppe de Oliveira serão os autores que falarão sobre suas respectivas obras. “Lanceiros Negros na Guerra dos Farrapos”, “Ensino da Filosofia e a Lei 10.639”, “Capoeira: A Revolução do Berimbau e a Lei 10.639” e “Saberes e Fazeres Etnomatemáticos”. A intenção , segundo o conselheiro estratégico do CEAP, babalawo Ivanir dos Santos, é de fomentar a leitura sobre a verdadeira história sobre a participação da população negra na construção do Brasil, além de dar visibilidade aos trabalhos de autores que pesquisam sobre o tema. “A luta do CEAP tem sido por mostrar a importância da aplicação da Lei 10.639. O negro não foi somente escravo no Brasil. Muitas personalidades construíram nossa história com contribuições intelectuais, e nós precisamos desfazer esse mito. Os negros contribuíram e contribuem com saberes diversos. A sociedade precisa atentar para isso”, diz o babalawo.



 
 
À noite, o Brasil Black II ainda contará com o desfile “O Negro no Espaço Urbano”, com apresentação de dança afro (com Eliete Miranda) e boa música (Grupo Boca e Lúmini Cia. de Dança).
 
 
Seminário muito esperado no dia 26
 
O “Experiências Afro-Brasileiras na Gestão Pública” começará às 13h30, no IFCS, com a intenção de expor como pessoas que ocuparam cargos importantes no cenário político brasileiro construíram com seus trabalhos. Além disso, o lançamento do livro “Os Afro-Brasileiros na Gestão Pública” é pioneiro no que diz respeito a reunir tantos pensamentos sobra as gerências e administrações.
Uma das questões centrais do seminário e da obra, que tem organização de Astrogildo Esteves Filho e Ivanir dos Santos, é “Será que alguém conhece as experiências afro-brasileiras ocorridas nos últimos 30 anos?”
“Ao escrevermos o prefácio do livro, eu e Astrogildo afirmamos que existe um vazio de informação, dificultando tanto aos antigos gestores quanto aos mais recentes recuperar a memória de que resultados ou desdobramentos tiveram para a comunidade negra”, diz dos Santos.
 
 
 
            As mesas do seminário serão compostas por Dra. Mônica Lima e Souza, Coordenadora do Laboratório de Estudos Africanos -LeÁfrica – do Instituto de História da UFRJ; Prof. Ivanir dos Santos, pedagogo, Conselheiro Estratégico do CEAP (Subsecretário de Estado de Cidadania e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, 1999-2000); Dr. Marcelo Paixão, professor do Instituto de Economia da UFRJ, Coordenador do Laboratório de Análises Econômicas, Históricas Sociais e Estatísticas das Relações Raciais (Laeser) (a confirmar); Dr. Hédio Silva Junior, advogado, diretor acadêmico da Faculdade Zumbi dos Palmares (Secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo 2005-2006); Diva Moreira, comunicadora e cientista política, Secretaria Municipal para Assuntos da Comunidade Negra/BH – (Smacon – 1998-2000); Dr. Mário Lisboa Theodoro, economista (Universidade de Brasília); Vanda Maria de Sousa Ferreira, pedagoga, assessora especial para Assuntos de Gênero e Raça da SPM-Rio; Giovanni Harvey, Secretário Executivo da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – SEPPIR; Deputada Federal Benedita da Silva, assistente social, (Governadora do Estado Rio de Janeiro 2002-2003) (a confirmar); Dr. Albuíno Azeredo, engenheiro, consultor em transporte ferroviário (Governador do Estado do Espírito Santo 1990-1994); e Dr. Alceu Collares, advogado (Governador do Rio Grande do Sul 1991-1994).
Imagem inline 3
 
SERVIÇO:
 
20 DE NOVEMBRO   
 
Brasil Black II
Local: Centro Cultural João Nogueira (Imperator)
Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Horário: 13h
Entrada franca
26 DE NOVEMBRO
 
Seminário “Experiências Afro-Brasileiras na Gestão Pública” e lançamento do livro “Os Afro-Brasileiros na Gestão Pública”
Local: Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) e Instituto de História da UFRJ
Endereço: Largo de São Francisco de Paula, nº1 – Centro – Rio de Janeiro
Horário:13h30
Entrada franca com credenciamento na horar

Nenhum comentário:

Postar um comentário