14 de set de 2013

A certeza da impunidade: Médico acusado de racismo contra atendente de cinema é absolvido


Justiça sobre racismo no Brasil.....

A certeza da impunidade: Médico acusado de racismo contra atendente de cinema é absolvido



http://www.geledes.org.br/racismo-preconceito/21033-advogado-sugere-separar-nordeste-do-brasil

O TJDF (Tribunal de Justiça de Brasília) absolveu o médico Heverton Octacílio de Campos Menezes, acusado de racismo contra a atendente Marina Serafim dos Reis. Na mesma decisão. O caso aconteceu em um shopping da Asa Norte em maio de 2012.   orga
Segundo a vítima, a confusão teria começado quando  o médico  tentou passar na frente de outros clientes por ter chegado atrasado à sessão do cinema. Ele teria dito que Marina deveria morar na África para cuidar de orangotangos. 
Ao ser interrogado pelo juiz, o acusado negou a prática do crime e que a funcionária do cinema teria negado atendimento preferencial ao acusado.
De acordo com a 5ª DP (Asa Norte), onde o caso foi investigado, no ano passado, o acusado é doutor em psicanálise e palestrante e já teria cometido um outro crime de racismo, em 2002, contra uma mesária eleitoral, também por não permitir que ele furasse fila. 
Segundo a Justiça, ainda cabe recurso sobre a decisão.

http://noticias.r7.com/distrito-federal/medico-acusado-de-racismo-contra-atendente-de-cinema-e-absolvido-13092013

Lembre o caso:


Nenhum comentário:

Postar um comentário