19 de fev de 2012

Assassinada - Membro da Comissão da Igualdade RACIAL -OAB - RJ

"Violência praticada contra a mulher negra, advogada, e Militante do Moviemento Negro e Companheira de luta."

 Membro da Comissão da Igualdade Racial da OAB - Cabo Frio - Rio de Janeiro





DRª. ISABEL CRISTINA, ADVOGADA,
NOSSA AMIGA E IRMÃ DA COMISSÃO DA IGUALDADE RACIAL
DA OAB-RJ.
 
 POR QUE??????????

     




Advogada é morta a tiros em Cabo Frio, no RJ, diz PM
Mulher foi morta em casa, na frente do namorado.
Suspeitos estavam em um carro e conseguiram fugir.
Do G1 RJ

1 comentário
Uma advogada foi morta a tiros na tarde desta sexta-feira (17), dentro de casa, no bairro Guarani, em Cabo Frio,na Região dos Lagos. As informações são do 25º BPM (Cabo Frio).
Segundo a PM, a vítima estava em casa com o namorado. Dois homens em um carro entraram na residência e atiraram contra a mulher, na frente do companheiro, que não ficou ferido. A dupla fugiu em seguida.
Ainda de acordo com o 25º BPM, a polícia ainda não tem informações sobre o paradeiro dos suspeitos.


http://www.voluvia.com/?p=74164

Advogada criminalista é assassinada a tiros dentro de casa em Cabo Frio

Anúncios Shopping UOL
ADD COMMENT
Isabel Cristina Machado, de 44 anos, estava em casa com o namorado quando foi surpreendida por dois homens armados.
Uma advogada criminalista foi morta a tiros, dentro de casa, na tarde desta sexta-feira (19) em Cabo Frio. O crime foi no bairro Guarani.
Isabel Cristina Machado, de 44 anos, estava em casa com o namorado quando foi surpreendida por dois homens armados. Os bandidos encontraram o portão do quintal aberto, entraram e obrigaram o casal a sentar no sofá da sala. A vítima foi executada ao lado do companheiro, que não ficou ferido.
Segundo os vizinhos, cinco tiros foram disparados. Isabel morreu na hora e os dois homens fugiram. A perícia esteve no local, mas ainda não há pistas dos bandidos.
Most Popular -


Aos companheiros e companheiras da CIR OAB/RJ e do Movimento Negro do Rio de Janeiro

Como militante do Movimento Negro do Rio de Janeiro, Membro Colaborador da CIR OAB/RJ, Consultor de Segurança Publica do COMDEDINE, Membro da Câmara Técnica, como representante da Secretaria de Segurança Pública/PCERJ, Diretor Executivo do CEPERJ,  entendo que neste difícil momento de consternação e dor em razão deste covarde, violento e prematuro desaparecimento da advogada Dra. Isabel , nossa colega da CIR OAB, de Cabo Frio/RJ, devemos sim externar toda a nossa indignação através das mensagens postadas em todas as redes de relacionamentos. É preciso inicialmente divulgar esta ação violenta praticada contra a mulher negra, advogada, militante do movimento negro e companheira de luta. A luta tem inicialmente nestas nossas mensagens de solidariedade e indignação. O fato criminoso registrado na 126ªDP/ Cabo Frio, inicialmente tem como responsável a autoridade policial daquela unidade de polícia judiciária. Contudo, considerando-se a importância do caso a ser apurado, pode a Chefe da Polícia Civil, Dra. Martha Rocha, avocar o inquérito policial para o seu gabinete e designar a Delegacia de Homícidios, delegacia especializada e hoje, o órgão da PCERJ de mais resultados positivos na apuração de homicídios no Rio de Janeiro, para proceder as investigações, assim como foi feito quando da morte da juíza em São Gonçalo. Nós podemos hoje, juntamente com o companheiro Marcelo Dias, Superintendente da SUPIR, Paulo Roberto presidente do CEDINE, Profª Dulce Vasconcelos, presidente do COMDEDINE, e um representante da CIR OAB/RJ, agendar reunião com  a Dra. Martha Rocha para este fim.

Na condição de representante da Secretaria de Estado da Segurança Pública, junto à Câmara Técnica para a implantação do Plano Estadual de Promoção da Igualdade Racial, na SEAS-DH, com a SUPIR e o CEDINE, coloco-me a disposição para tratar de todas as questões relacionadas com as providências e ações de polícia judiciária. Desde de logo, imediatamente estaremos providenciando junto à Chefia da Polícia Civil, que tenhamos acesso aos procedimentos de polícia judiciaria que estão sendo e/ou foram realizados até o momento pela autoridade policial da 126ªDP/Cabo Frio.

Entendo ainda que o momento é de união e luta, para esclarecimento das circunstâncias e os fatos que deram origem a esta ação violenta e covarde praticada contra a Dra. Isabel. É preciso que o fato seja realmente esclarecido, apurado e que seus autores, executores, partícipes e mentores intelectuais sejam indiciados e respondam criminalmente por suas ações no Tribunal do Júri.

Em respeito à memória desta mulher negra, advogada, guerreira e militante do movimento negro Dra. Isabel, sugiro aos companheiros e companheiras da CIR OAB/ Cabo Frio, CIR OAB/ RJ, SUPIR, CEDINE, COMDEDINE, CEPERJ, COJIRA, IARA e demais entidades do Movimento Negro, que estas providências sejam tomadas imediatamente, Não há necessidade de esperar terminar o carnaval. Devemos começar JÁ! Quem pode participar deste mutirão? Quem pode contribuir de alguma forma para o êxito de nossas pretensões O momento é união e luta do Movimento Negro e todas as CIR OAB do Estado do Rio de Janeiro.

Solicito àqueles companheiros e companheiras que estejam de acordo com o nosso entendimento que informem e-mail e telefones para contado. Precisamos urgentemente indicar um local para esta primeira reunião.
Vamos à LUTA!

José dos Santos Oliveira
Diretor Executivo do CEPERJ
Membro Colaborador da CIR OAB/RJ
Consultor do COMDEDINE
Representante da SESEG/PCERJ
junto à Câmara Técnica do PEPIR



Prezad@s companheir@s, pela promoção da igualdade racial,

Primeiramente, os nossos mais caros sentimentos aos familiares e companheir@s da CIR/OAB/RJ da saudosa companheira de luta Dra Isabel Cristina Machado.

Ato contínuo, nos perfilamos com os nossos combativos Drs Adami e Oliveira, nessa exortação acertadíssima e comprometida com a elucidação de tão horrenda e, até agora, gratuita e inexplicável, BRUTALIDADE, colocando-nos a disposição do Presidente MDias para, junto aos órgaos afins do estado, agirmos rapidamente antes que o carnaval desloque o rumo dessa nossa prioridade nesse momento de incontida dor que, somente, os mais próximos, verdadeiramente, sentem. Mas não estamos ilesos de tamanha monstruosidade. Poderia ser outro de nós.

Neste sentido, estamos copiando, em oculto, a Chefe de polícia, Dra Marta Rocha, para junto a 126ª e 25ª DP(Cabo Frio) solicitar prioridade absoluta dessas delegacias nesse mistério que haveremos de desvendar e exemplarmente punir, sem descartarmos uma das hipóteses de execução e/ou  preconceito, ainda,  entranhado e inrrevelado em muitos atos malditos.

Aguardamos, da Dra Marta Rocha uma agenda urgentíssima, podendo ser com outro profissional de decisão e da sua confiança, se houver impossibilidade, em função das inúmeras ocorrências inerentes à época.

O CEDINE, Estará sempre à postos e junto na defesa e na promoção da nossa mais cara dignidade. Aguardamos qualquer outro esclarecimento e sugestão com ação conjunta.
Abs, pêsames e avante!!

Paulão Santos - Presidente do CEDINE


Absolutamente lamentável a perda, por assassinato, da Drª Isabel Cristina, membro da CIR da OAB, em Cabo Frio. As investigações correm por conta da 126 DP. Vamos acompanhar os desdobramentos até a identificação e prisão do (s) assassino (s).

Paulo Roberto


Nenhum comentário:

Postar um comentário